CURIOSIDADE: 10 bons motivos para rootear o seu smartphone

1. Um mundo de apps a mais O Android oferece um grande número de aplicativos para diversos fins...


1. Um mundo de apps a mais


O Android oferece um grande número de aplicativos para diversos fins, mas quando queremos algo que ofereça uma função um pouco mais avançada, sempre precisaremos de acesso root. Tê-lo significa que você é administrador do dispositivo, podendo assim fazer os apps interagirem com o sistema de forma mais profunda. Com o acesso root podemos desinstalar o bloatware (apps pré-carregados), usar firewall, sistemas de gestão multitouch para controlar a fundo o dispositivo com gestos e muito mais. Além disso, existem aplicativos que funcionam também sem root, mas oferecem o máximo de seu potencial apenas com esse acesso especial. Como exemplo, podemos citar os antivírus, com o seu sistema de bloqueio/localização à distância, e também o famosoCleanMaster, com a função de eliminar o bloatware. Para terminar, faz-se possível usar todos os jogos e apps que antes se mostravam incompatíveis com o aparelho (levando em conta, claro, o funcionamento com um ou outro bug).
  • Clean Master Phone Boost
  • DroidWall - Android Firewall
  • GMD GestureControl Lite ★ root
2. Personalizar em outro nível

Os dispositivos Android são famosos pela possibilidade de mudar o launcher, os pacotes de ícones, wallpapers animados, sons, e muito mais. Contudo, essa personalização está limitada a uma mudança estética e superficial. Graças às permissões de root podemos modificar os arquivos do sistema como quisermos, incluindo os sons de sistema e as animações de boot. Como exemplos sobre essa última característica, confira este tópico do nosso fórum para o S2 Lite e este tópico para o Moto G. A app abaixo também permite a modificação da animação de boot.
  • Boot Animation Changer

3. Serviços quase sem limites

Já existem muitos apps criados para liberar a memória RAM e acelerar o dispositivo, mas com os métodos normais não é possível superar os limites impostos pelo hardware, mas “apenas” otimizar a velocidade do celular. Mais uma vez as permissões de root vêm ao nosso socorro, permitindo aumentar muito mais a velocidade da CPU através do overclocking. Para isso, porém, é necesário flashear um kernel que permita a mudança, mas o procedimento é muito simples, ainda mais se for usado o Kernel Manager.

4. Menos problemas com a bateria

Os smartphones continuam seu processo de evolução, mas o calcanhar de Aquiles que atende pelo nome de bateria ainda não foi resolvido. Apesar de os melhores dispositivos garantirem 24 horas de uso (também graças às funções de economia energética), muitos de nós ficamos na mão antes do fim do dia. A solução? Ou comprar o novo campeão de bateria, o Moto Maxx, ou obter permissões de root em seu dispositivo. Graças a elas, podemos acessar diversas funções que permitirão escolher o governor da CPU (também através de um gerenciador de kernel como o fauxclock), fazendo o processador rodar sempre no mínimo, configurando um limite máximo inferior e muitas outras opções (incluindo procedimentos de undervolt). Também nesse caso devemos ter um kernel diferente.

5. Automatizar tudo


Muitos de vocês já conhecem o aplicativo Tasker, que permite automatizar praticamente todas as funções do nosso smartphone. Para quem ainda não o conhece, podemos relacionar um acontecimento (nossa localização, determinado horário, etc.) com uma ação correspondente (ativação de um app, envio de um sms, reprodução de uma música ou filme, etc.), tudo gerenciado pelo referido aplicativo. Ele também funciona sem permissões de root, mas com elas podemos acessar uma lista completa das interações possíveis, tais como a ativação da internet, GPS, ativação da tela, velocidade da CPU e muito mais.
  • Tasker
6. Flashear uma ROM customizada

Este é certamente o principal motivo pelo qual a maior parte dos usuários Android optam por obter as permissões de root. Além da chance de personalizar radicalmente um smartphone, os maiores desenvolvedores de ROMs customizadas já mostraram mais de uma vez a sua superioridade com relação à ROM stock, tanto no visual quanto nas funcionalidades, fluidez e performance. Um exemplo é a OmniROM, que trabalha numa ROM completamente integrada aos comandos de voz, permitindo controlar qualquer função do dispositivo pronunciando frases personalizáveis. Outra característica importante é o fato de podermos atualizar o nosso dispositivo “antigo” e “abandonado” pela fabricante com as últimas versões do Android.


7. Bloquear a publicidade em qualquer app

Quero deixar claro que, como programador, defendo o uso de publicidade nos apps, para muitos a única fonte de lucro. Esse uso também permite que muitos aplicativos sejam gratuitos. Apesar disso, também é preciso dizer que muitos aplicativos contêm propagandas invasivas, que não apenas consomem um grande número de dados (incidindo negativamente no nosso plano), como também podem ativar assinaturas sem o nosso consentimento. Nesses casos aprovo o uso de apps como o AdBlock Plus, que permitem visualizar apenas as propagandas normais, bloqueando aquelas que prejudicam a experiência de uso dos aplicativos. Há também a possibilidade de desativar qualquer tipo de publicidade. A utilização desse aplicativo ou de outros semelhantes somente se faz possível com as permissões de root. Veja no artigo abaixo como instalar e usar o AdBlock.
8. Efetuar backups completos

Todo dispositivo Android vem com a função de fazer um backup dos aplicativos e de alguns dados, no âmbito das configurações ou através da utilização de softwares de gerenciamento como o Kies. Mesmo se, além deles, decidirmos usar os diversos serviços de nuvem, nada poderá competir com as funções oferecidas pelo acesso root, sobretudo com o uso do app Titanium Backup, com o qual poderemos fazer cópias da imagem de sistema completa do nosso dispositivo, além de movê-la para o SD ou o computador, além da possibilidade de automatizar o procedimento.
  • Titanium Backup ★ root
9. Obter funções escondidas de outros dispositivos

Uma das melhores (ou piores, do ponto de vista dos programadores) características dos dispositivos Android é a incrível variedade de celulares e tablets que rodam com o sistema, para não falar das skins de cada uma das fabricantes. Com isso, os dispositivos podem ser bem diferentes uns dos outros, e muitas vezes nosso smartphone ideal reuniria recursos de muitos aparelhos individuais (sobretudo as funções exclusivas dos carros-chefe). As permissões de root possibilitam a integração de algumas dessas desejadas funções ao seu dispositivo. Basta encontrá-las online e flasheá-las. Além disso, podemos habilitar funções de outro modo inacessíveis, como o multitouch, tethering ou o compartilhamento da conexão de telefone através do USB, bluetooth e via Wi-Fi.

10. Tornar-se o senhor absoluto do seu dispositivo

O que mais me incomoda é ter comprado algo que não posso usar livremente e sem restrições de qualquer gênero (um dos motivos pelos quais eu nunca compraria um iPhone). O Android é um sistema livre por natureza, tendo nascido com a ideia de criar um ecossistema o mais independente possível do hardware, e aberto a todos (se estiver interessado na história do Android, leia o artigo abaixo). Obter as permissões de root, além dos benefícios elencados e de todos os outros que não mencionei, o tornará o verdadeiro proprietário do seu smartphone, dando-lhe a possibilidade de personalizar tudo que quiser (não sem alguns riscos, é bom que se diga).

Fonte: AndroidPIT

Related

NOTICIAS E CURIOSIDADES 7065699165602127501

Postar um comentário

emo-but-icon

Canal Play android Apk no YouTube com os melhores vídeos sobre android (Dicas, Tutoriais e Gameplays). "Dê um PLAY em seu android".

Pesquisar este site

Carregando...

PLAY android APK

item