CURIOSIDADE: A doce história de ser Android

E pensar que o primeiro dispositivo Android foi lançado há apenas 6 anos! Claro, no mundo tecnol...



E pensar que o primeiro dispositivo Android foi lançado há apenas 6 anos! Claro, no mundo tecnológico este é um período longo, mas além das melhorias exponenciais das características de hardware como a memória RAM e a CPU, que poderiam ser previsíveis, o Android revolucionou totalmente o conceito de telefone. Hoje descobriremos juntos como ele se tornou o sistema operacional mais difundido no mundo!
Não digo que o Android tenha criado o primeiro smartphone. Talvez os BlackBerry possam ter esse título, devido à sua inovadora característica (no ano 2000) de ler emails, consultar os anexos e navegar pela internet. Naquela época, porém, cada celular dispunha de um sistema operacional próprio, fechado e avesso a evoluções.
blackberry 850
O BlackBerry 850, um dos primeiros modelos dos dispositivos BlackBerry. © Wikipedia
Evolução: esse foi o diferencial trazido por Andy Rubin, que em 2003 fundou, junto a outros grandes nomes, o Android Inc., uma sociedade para o desenvolvimento daquilo que ele próprio definiu como:
dispositivos mais conscientes da posição e das preferências do seu proprietário.
Rubin e a sua start-up puderam oferecer uma nova tipologia de sistema operacional móvel: Open Source (baseado no Kernel Linux), com uma interface simples, funcional e integrada a uma série de instrumentos, pensada para facilitar a vida dos outros desenvolvedores, mas sobretudo um sistema gratuito para todos que quisessem utilizá-lo.
Foi exatamente este último aspecto que convenceu Larry Page, fundador do Google, a aventurar-se nesse novo terreno, consciente de poder variar as estratégias da empresa, até então centradas sobretudo nos serviços de busca.
Em 2005 o Google comprou o Android Inc., e assim nasceu a Google Mobile Division. O mundo observou com ceticismo e curiosidade este acontecimento, que agora podemos definir como histórico. Como o Google poderia entrar num mercado já bem consolidado nas mãos da Microsoft, com o seu Windows Mobile, e sobretudo dominado pela Apple e seu iPhone?
andy rubin larry page
À esquerda Andrew (Andy) Rubin e à direita Lawrence "Larry" Page / © Wikipedia
Dois anos depois, o Google dá novamente o que falar com uma incrível estratégia, oferecendo 10 milhões de dólares aos desenvolvedores que realizassem os melhores apps para Android partindo da primeira versão pública do Android SDK. É neste ponto que se tornam claras as intenções do Google, que não quer realizar um “gPhone”, mas um dispositivo com um sistema flexível e adaptável, ideia muito distante daquela da Apple. Um ecossistema de software independente (o máximo possível) do hardware e aberto ao mundo dos desenvolvedores, sempre em conformidade com as intenções de Rubin.
Finalmente, em setembro de 2008, a enorme operadora americana T-Mobile anuncia o T-Mobile G1, o primeiro smartphone baseado no Android. Depois de mais ou menos um mês, o Google publica o código-fonte do Android 1.0 sob a licença Apache. Ele, portanto, se torna disponível a todos, e graças a esse fato podemos hoje flashear uma ROM customizada em nossos dispositivos Android.
T Mobile G1
O T-Mobile G1 (HTC Dream), o primeiro dispositivo com Android. / © Wikipedia
O resto da história é mais conhecida, portanto não vou entediar ninguém com mais datas e acontecimentos. Minha intenção, em vez disso, é repercorrer a história das atualizações do Android. Cada nova versão representa um passo evolutivo substancial do que é hoje um dos pontos de referência para o mercado dos smartphones.
Caso ainda não saibam, cada versão ganha o nome de um doce, e a primeira letra desse nome deve seguir a ordem alfabética.

Android 1.5 - Cupcake (30 de abril de 2009)

android cupcake banner

  • Melhoria da câmera;
  • Aumento da velocidade de localização do GPS;
  • Teclado virtual;
  • Carregamento automático dos vídeos no YouTube e Picasa.

Android 1.6 – Donut (15 de setembro de 2009)

android donut banner

  • Box de busca veloz e busca por voz;
  • Indicador do uso da bateria;
  • Reagrupamento da câmera e da galeria, além de novos modos de foto;
  • Função text-to-speech multilíngue.

Android 2.0 – Eclair (26 de outubro de 2009)

android eclair banner

  • Contas múltiplas per email e sincronização dos contatos;
  • Suporte para Bluetooth 2.1;
  • Nova interface de usuário do browser e suporte para HTML5;
  • Novas funções para o calendário.

Android 2.2 – Froyo (20 de maio de 2010)

android froyo banner

  • Suporte para criar hotspot (compartilhar a conexão via WiFi);
  • Adobe Flash 10.1;
  • Teclado multilíngue;
  • Integração de um “widget guia” que ajuda a conhecer as funções do Android.

Android 2.3 – Gingerbread (6 de dezembro de 2010)

android gingerbread banner

  • Interface reformulada para maior simplicidade e velocidade;
  • Novo teclado para digitação rápida;
  • Seleção de texto e funções copia/cola;
  • Integração de chamadas pela internet.

Android 3.0 – Honeycomb (23 de fevereiro de 2011)

android honeycomb banner

  • Versão para tablet, interface otimizada para telas maiores;
  • Melhoria do multitasking, do gerenciamento das notificações, da personalização da homescreen e dos widgets;
  • Acrescentado o tethering através do Bluetooth;
  • Suporte integrado para transferir facilmente arquivos multimídia para o PC.

Android 4.0 – Ice Cream Sandwich (19 de outubro de 2011)

android icecreamsandwich banner

  • Nova fonte (Roboto);
  • Possibilidade de desbloqueio com o sorriso;
  • Acrescentada funções como gerenciamento dos cartões, dos favoritos e da captura de tela;
  • Acrescentado o swipe para esconder notificações, fechar páginas da web, etc;
  • Suporte a Wi-Fi Direct,  Bluetooth HDP e Android Beam.

Android 4.1 – Jelly Bean (27 de junho de 2012)

android jellybean banner

  • Mais veloz, mais fluido e mais reativo aos inputs;
  • Widgets redimensionáveis;
  • Google Now, ditado vocal offline;
  • Melhorado o Android Beam;
  • Melhorias nas atualizações de apps.

Android 4.4 – KitKat (31 de outubro de 2013)

android kitkat banner

  • Suporte para Bluetooth MAP;
  • Novo framework para as transições na interface de usuário;
  • Suporte para a impressão sem fio;
  • Otimização da memória e da touchscreen para um multitasking mais veloz.

Android 5.0 – Lollipop (?)

android lollipop banner

Você já conhecia a história do Android? O que gostaria de ver integrado à próxima versão do SO?


*Gostou do site? De uma força para gente, curta nossa page no facebook e fique por dentro das novidades de tudo que rola no site!

Related

NOTICIAS E CURIOSIDADES 5939267797636281626

Postar um comentário

emo-but-icon

Canal Play android Apk no YouTube com os melhores vídeos sobre android (Dicas, Tutoriais e Gameplays). "Dê um PLAY em seu android".

Pesquisar este site

Carregando...

PLAY android APK

item